25.1 C
Dourados
terça-feira, 16 de julho de 2024
- Publicidade-

Colmeia Viva®: Proteção às Abelhas através de Assistência Técnica Especializada

- Publicidade -

Canal gratuito via 0800 promove práticas sustentáveis e cooperação entre agricultura e apicultura.

De vital importância para a agricultura global, as abelhas desempenham um papel crucial na polinização e na qualidade dos cultivos, exigindo um cuidado especial para sua preservação. Como medida para reduzir a mortalidade desses polinizadores e fortalecer a interação entre agricultura e apicultura, o Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para Defesa Vegetal (Sindiveg) oferece assistência técnica nacional gratuita através do 0800.

Segundo Fábio Kagi, gerente de Assuntos Regulatórios do Sindiveg, o “Colmeia Viva® Assistência Técnica” funciona como um canal direto para esclarecer dúvidas e compartilhar informações sobre boas práticas para prevenir e mitigar a mortalidade das abelhas. O serviço, disponível pelo número 0800 771 8000, opera de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h, atendendo a todas as regiões do país.

“A iniciativa oferece suporte técnico especializado para agricultores, criadores de abelhas, aplicadores de defensivos agrícolas, distribuidores, revendedores e equipes de vendas das empresas signatárias do Colmeia Viva®”, destaca Kagi.

Para agricultores e aplicadores de defensivos, o serviço é crucial para orientações sobre incidentes envolvendo abelhas durante a aplicação de defensivos agrícolas e para promover técnicas amigáveis às abelhas, como incentivar sua visita às lavouras e escolher locais seguros para instalar apiários, além de facilitar a comunicação com apicultores.

“No caso dos criadores de abelhas, a assistência é essencial para avaliar perdas de colmeias e abelhas nos apiários, fornecer orientações sobre boas práticas de manejo, como localização segura de apiários, manejo apícola e fontes de alimentação, e facilitar a comunicação com agricultores”, explica o gerente.

Distribuidores e indústrias de defensivos agrícolas também se beneficiam do canal para entender melhor as necessidades dos clientes e promover práticas que minimizem impactos ambientais.

Em situações específicas, especialistas são enviados ao local para avaliar e propor medidas preventivas ou corretivas. “Essa é uma forma segura e eficaz de protegermos esses importantes agentes para a produção sustentável de alimentos e de promover a harmonia entre apicultores e agricultores”, conclui Kagi.

Fonte: Portal do Agronegócio

Veja também

- Publicidade -

Últimas Notícias

- Publicidade -
- Publicidade -

Últimas Notícias

- Publicidade-